Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

SERVIDOR PÚBLICO

Servidores aposentados devem fazer recadastramento de benefício
GDF afirma que 420 servidores correm risco de perder benefício, caso não atualize os dados
Por Repórter Especial
22/05/2019 - 13h29
Felipe Menezes/Metrópoles

Segundo o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Distrito Federal (Iprev), pelo menos 420 servidores e pensionistas poderão ter benefícios suspensos no próximo pagamento, se atualização de dados não for realizada imediatamente. 

Segundo o órgão, os beneficiários deverão fazer recadastramento e prova de vida anualmente, conforme o Decreto nº 39.276, no mês de seu aniversário. Estima-se que, até o fim do ano, mais de 60 mil aposentados realizem atualização.

"Importante destacar que o Iprev enviou cartas a todos os beneficiários, além de ter publicado as informações pertinentes em seu site e feito ampla divulgação na imprensa local", afirmou o presidente do instituto, Ney Ferraz Júnior.

Para realizar o recadastramento, servidores aposentados e pensionistas deverão se dirigir à uma agência do Banco de Brasília, em um prazo de, no máximo, 90 dias. Caso o beneficiário não compareça, aposentadoria deverá ser suspensa.

voltar página anterior
IR AO TOPO