Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

REPORTAGEM ESPECIAL

Repórter Especial é finalista em três categorias do prêmio Abracopel
A revelação dos vencedores acontece, no dia 09 de dezembro, em São Paulo
Por Repórter Especial
25/10/2019 - 11h59 - Atualizado em 25/10/2019 - 14h28
Foto: Divulgação/Abracopel/Criação: Janielle Ventura

Repórter Especial (RE) é finalista nacional, em três categorias, do Prêmio Abracopel de Jornalismo, organizado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade. O RE concorre, nas categorias: Mídia Digital - Texto; Mídia Digital – Vídeo e Fotografia. O trabalho finalista é a Série Especial Multiplataforma ‘Acidente Elétrico: um perigo invisível e silencioso’.

Wendell Rodrigues, Editor-Chefe do Repórter Especial. Foto: Arquivo pessoal

A série foi feita por uma equipe, formada por sete profissionais: Wendell Rodrigues, Lucas Silva, Danielly Chaves, Janielle Ventura, Jean Carlos, Walter Júnior e Eufênia Pereira. O anúncio dos vencedores será, no dia 09 de dezembro, no Auditório da ENEL em São Paulo, a partir das 18 horas.

A premiação está na 13ª edição e avalia reportagens, de todo o país, que discutem os riscos associados à rede elétrica. Entre os meios de comunicação, que participam da final, estão, além, do RE, O UOL, SBT, GLOBO, BAND, entre outros.  

“Nós desenvolvemos quatro matérias com um único propósito: conscientizar as pessoas e reduzir os acidentes relacionados a questões elétricos. Estamos felizes em sermos finalistas”, destacou Wendell, idealizador do RE.

Danielly Chaves, Jornalista do Repórter Especial. Foto: Arquivo Pessoal

 

Categorias

Os jornalistas Wendell Rodrigues, Lucas Silva e Danielly Chaves disputam a final na categoria melhor texto para internet. Na categoria melhor vídeo, concorrem Janielle Ventura, Walter Júnior, Eufênia Pereira e Danielly Chaves. O repórter-fotográfico Jean Carlos disputa, individualmente, a categoria fotografia.

Lucas Silva, Jornalista do Repórter Especial. Foto: Arquivo Pessoal

 

Série Finalista

Em agosto deste ano, o Repórter Especial veiculou uma série de reportagens especiais sobre instalações elétricas irregulares e as consequências causadas por elas. Na primeira, revelamos que os acidentes cresceram: em 2018, foram 1.424. Dessa quantidade, 836 foram causados por choques elétricos, 537 por incêndios devido à sobrecarga ou curto-circuito e 51 descargas atmosféricas (raios). O número foi 2,67% maior em comparação a 2017. Em todo o ano passado, foram registradas 622 mortes. Foram cinco a menos, quando comparado a 2017. Por outro lado, a quantidade de vítimas fatais por incêndios originados por sobrecarga mais que dobrou: saiu de 30 casos no ano anterior para 61 em 2018.

Na segunda reportagem, diferentes especialistas alertaram sobre as gravíssimas consequências de chamar um profissional não capacitado para fazer ajustes, reparos e projetos elétricos. Na terceira matéria da série especial, fizemos uma narrativa fotográfica sobre os perigos das gambiarras.

Janielle Ventura, Roteirista e Diretora de arte. Foto: Arquivo de pessoal

 

Na quarta e última reportagem da série: Acidente Elétrico: um perigo invisível e silencioso, RE publicou um vídeo, a partir de imagens exclusivas, impressionantes e assustadoras sobre os perigos das gambiarras. As redes sociais também veicularam conteúdo exclusivo.

Jean Carlos, Jornalista e Fotógrafo. Foto: Arquivo Pessoal

Histórico vencedor

Em, apenas, cinco meses de existência, Repórter Especial já conseguiu outra relevante conquista. Em julho, o portal foi Campeão Nacional do Prêmio NHR Brasil de Jornalismo com a série de reportagens Dramas da Hanseníase, na categoria Mídia On-line. Os autores foram Maryellen Badarau, Sthéfani Alves, Wendell Rodrigues, Janieli Ventura e Eufênia Pereira. No total, foram quatro matérias especiais e um documentário, publicados, ao longo do mês de maio de 2019. 

Eufênia Pereira, Editora de Vídeo. Foto: Arquivo Pessoal

Projeto jornalístico

Repórter Especial é um projeto jornalístico, idealizado por Wendell Rodrigues, para aprofundar a abordagem de temas de relevância para a opinião pública. Como veículo de mídia, o Repórter Especial compreende a sua responsabilidade e o seu compromisso social. A atuação da empresa e os princípios editoriais são inspirados em três pilares: integridade, boa-fé e transparência.

O site entrou no ar, no dia 22 de maio de 2019. Em cinco meses, experimenta um constante crescimento no número de acessos, em todas as regiões do Brasil. A missão da empresa é oferecer informação isenta, plural, de interesse público e relevância jornalística para garantir o bem-estar da sociedade e fortalecer as instituições democráticas.

Walter Júnior, Cinegrafista do Repórter Especial. Foto: Arquivo Pessoal

voltar página anterior
IR AO TOPO