Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

SAÚDE

Pesquisadores estudam proteínas do coronavírus
Pesquisa vem sendo feita no laboratório Sirius
Por Repórter Especial
16/09/2020 - 11h46
Rovena Rosa/Agência Brasil /

A maior e mais complexa infraestrutura científica do país, o Sirius, acelerador síncroton do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP), está sendo utilizado por pesquisadores, desde o início de setembro, para estudar cristais de proteínas do coronavírus.

De acordo com o centro, o objetivo dos pesquisadores da universidade é conseguir compreender os mecanismos de ligação dessas proteínas a substâncias, que podem inibir suas atividades, interferindo no ciclo de vida do vírus, o que possibilitaria a criação de novos medicamentos antivirais de ação direta.

voltar página anterior
IR AO TOPO