Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

SAÚDE

Medir glicemia de forma mais rápida é possível com novo sensor ótico brasileiro
Ele foi criado por pesquisadores brasileiros e não tem necessidade de intervenções invasivas
Por Repórter Especial
02/12/2019 - 10h35
Fonte da imagem: Healthy Living Made Simple

Os pesquisadores estão em busca de soluções tecnológicas, que facilitem o dia  a dia de quem sofre com a diabetes. Cientistas do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e da Universidade Federal de Goiás (UFG) criaram um sensor óptico de baixo custo, capaz de medir a glicemia de forma não invasiva por meio de amostras de sangue ou de urina.

O chamado biossensor foi desenvolvido, a partir de uma combinação de um polímero sintético, biodegradável e solúvel a água, o poliálcool vinílico (PVA) e folhas de grafeno em escala manométrica com tamanho de 2 e 3 nanômetros. Os pontos de grafeno têm propriedades ópticas e eletrônicas.

voltar página anterior
IR AO TOPO