Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

SAÚDE

Estudo aponta mais eficácia da Coronavac com intervalo maior entre doses
A vacina pode ter eficácia de até 62,3% na proteção contra a Covid-19
Por Repórter Especial
12/04/2021 - 16h19
TV Globo / Reprodução

Um artigo científico em pré-print (ainda sem revisão por pares) aponta que a eficácia da Coronavac contra a Covid-19 é maior do que o dado, anteriormente, divulgado. A chamada eficácia primária, que representa a proteção da vacina contra a doença em qualquer intensidade, passou de 50,38% para 50,7%, chegando a 62,3% com intervalos maiores entre as doses. Contra casos moderados, o imunizante tem eficácia de 83,7%, quando o dado anterior apontava 78%.

As informações constam de artigo elaborado pelos profissionais que conduziram os testes da Coronavac no Brasil, liderados pelo Instituto Butantan. O documento foi submetido para análise da revista científica The Lancet. O estudo avaliou o efeito da vacina em 12,4 mil voluntários em 16 centros de pesquisa no País e teve os primeiros resultados divulgados pelo governo de São Paulo em 7 de janeiro. A vacina começou a ser aplicada nacionalmente no dia 18 de janeiro e a produção pelo Butantan representa a maior parte das doses distribuídas até aqui.

voltar página anterior
IR AO TOPO