Seja bem-vindo ao Repórter Especial

acompanhe-nos:

SERVIDOR PÚBLICO

Caixa inicia PDV e anuncia contratações de concursados
Banco quer reduzir até 3,5 mil postos de trabalho. Colaboradores têm até 7 de junho para aderir. Já as contratações iniciam 3 de junho
Por Repórter Especial
21/05/2019 - 07h49 - Atualizado em 21/05/2019 - 07h59
José Cruz/Agência Brasília

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que pretende convocar os aprovados no concurso público de 2014. As novas contratações ocorrem ao mesmo tempo em que a estatal lançou Programa de Desligamento Voluntário (PDV), com objetivo de reduzir 3,5 mil postos de trabalho. O prazo para adesão ao PDV começou nesta segunda-feira (20) e vai até 7 de junho. A expectativa é dispensar 3.500 funcionários e contratar 2.500 a partir de 3 de junho.

Com o PDV, a empresa pretende gerar uma economia de R$716 milhões por ano, caso o número máximo de desligamentos seja atendido. No entanto, as mudanças desagradam entidades que representam a categoria. O Sindicato dos Bancários, em São Paulo, chamou o PDV de desmonte e acredita que as mudanças no funcionalismo “sucateiam” a empresa.

Pelos cálculos da Força Sindical, entidade que representa os trabalhadores do banco, a Caixa perdeu 18% do quadro de trabalho entre 2014 e o ano passado, caindo de 101 mil para 85 mil servidores.

Por meio de nota, a empresa informou que o objetivo do banco é fortalecer o atendimento nas agências com as contratações. “É importante focar em colocar as pessoas na rede, que é o principal contato da Caixa com os mais de 93 milhões de clientes que temos”, destaca a instituição. A caixa afirmou ainda que não irá privatizar a estatal na atual gestão do presidente. O banco tem mais de 4,4 mil pontos físicos de atendimento em todo o país.

voltar página anterior
IR AO TOPO